quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Universo

Carregava o Universo em seu ventre
e toda vez que queria se comunicar com ele,
abria as mãos e esperava,
da mesma forma que, em noites limpas,
olha pro céu e espera ver estrelas cadentes.

De repente : Chuva de meteoros!!



2 comentários:

Sabrina disse...

universo particular. tão logo se desmancha em chuva de estrelas cadentes, cheio de luz

Ezra-Stein disse...

passando